Centro de documentação
e arquivo feminista
elina guimarães

Memória e Feminismos no Sudoeste Alentejano

Este pequeno livro, com retalhos de histórias de vida de mulheres do Sudoeste Alentejano, insere-se no projeto “Memória e Feminismos, a desocultar quotidianos de mulheres, uma estratégia de intervenção feminista”, da UMAR, com o financiamento da CIG.

Este projeto já na sua 3ª edição, conta no seu historial com recolha de histórias de vida nas regiões da Madeira, Minho, Setúbal, Coimbra, num total de quarenta.

Este ano a recolha das histórias de vida centrou-se em duas novas regiões: Região Autónoma dos Açores e Sudoeste Alentejano. Localidades muito diferentes entre si, mas com um denominador comum – o isolamento. Este isolamento a que as mulheres estão sujeitas, confere-lhes uma dupla invisibilidade.
Dar voz às suas histórias e refletir sobre os seus percursos, é um ponto fulcral, neste processo – “trazer a voz de quem ficou silenciado na história constitui um processo de produção de ciência e não apenas uma forma de acrescentar novas fontes à investigação histórica” (Magalhães, 2012:11).

Fechar